Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma vida igual a outras

Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

Uma vida igual a outras

08
Jul18

Filhos de um Divórcio

Cris

images.jpg

 Quando nos separamos a Ana tinha 4 anos. 

Foi uma guerra longa e dura que durou 1 ano nos tribunais, no fim terminou com guarda compartilhada. 

Nessa altura chorei durante dias, foi uma dor agonizante, malditas sextas... O dia da ida para o pai era o dia em que o meu coração se partia em mil.

No inicio ainda havia muita raiva, odio e dor, e posso dizer que o primeiro ano de guarda compartilhada foi um inferno. Sentia que o meu peito ia explodir a qualquer momento, e não aceitava o facto de passar uma semana sem poder ver a minha filha...

Quando duas pessoas foram tão próximas como eu e o pai da Ana, e viveram uma próximidade de uma maneira única, aquilo que podemos chamar de intimidade, e que termina da maneira que terminou, ficam marcas para sempre na nossa memória, e é portanto inutil e ingénuo tentar apaga-las, acabando com o tempo, a aprender a conviver com elas.

Hoje e nos ultimos 3 anos, temos conseguido conciliar as coisas, é obvio que não nos lambemos, falamos o minimo e indispensavel e a maior parte das vezes nunca estamos de acordo, mas fazemos um esforço por estar presentes e lado a lado nos momentos importantes da vida dela. 

Felizmente para a Ana, têm um "padrasto" e uma "madrasta" espetaculares e que ajudam muitissimo no seu crescimento e educação.

Há um ano, foi a 1ª comunhão da Ana, e pude constactar que, das 18 crianças que estavam lá. 6 eram filhos de pais separados, e apenas nós e mais um casal é que esteve lado a lado e fez o almoço da comunhão em comum, bem como participamos lado a lado no coro da missa, que era composto pelos pais das crianças. 

Alguns pais  nem a missa apareceram, e isso mecheu comigo ( mesmo não tendo nada a ver com isso) porque não entendo... Nestas idades nós os pais, somos os super herois dos nossos filhos, e não há nada mais feliz para eles do que nos ter lá naquele dia naquele momento. Cabe-nos a nós adultos proporcionar o bem estar fisico e emocional das crianças, e por mais sapos que tenhamos de engolir ( daqueles gordinhos com as patinhas a mexer) temos de o fazer, porque eles são os únicos que não tem culpa. 

Penso que apesar de todas as situações, sinto-me orgulhosa por a Ana ter dois pais que a acompanham ao longo da vida ambos da mesma maneira 50/50.

Ambas as famílias, por mais que não se falem, fazem um esforço enorme por se comportar e tentar conviver em comum quando as situações assim o obriga, e isso faz de mim uma mãe orgulhosa.

Já passaram 6 anos do divórcio, estou a mais tempo separada do que estive casada, e hoje acho que apesar das correntes e das tempestades ambos encontramos o rumo certo. 

Hoje estou com alguém que amo mais de dia para dia, estou com aquela pessoa que tanto pedi a deus e nos desabafos com a minha almofada. - Mas essa história fica para outro post. 

 

 

 

 

 

 

 

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D