Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma vida igual a outras

Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

Uma vida igual a outras

Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

As aranhas das bananas...

Após ler uma notícia no Facebook, decidi pesquisar e de facto são vários os casos pela Europa fora e no nosso Portugal!
 Falo-vos de ninhos de aranhas armadeiras instalados em bananas provenientes de países quentes tipo Brasil ou Costa Rica!!!! E se a tendência será "esborrachar" este casulo, tenho a dizer-vos que é o maior erro, porque aí elas são libertadas e de tão minúsculas que são podem facilmente infestar uma casa!!!!
O correcto, no caso de detectarem estes casulos nos vossos frutos, será queimar o mais rapidamente possível.

Eu adoro bananas, mas tenho pavor a aranhas!!!!!! tudo, tudo menos aranhas...

 

Eu já comi torradas que tinham mini minhocas ( acabadinha de sair do pacote....) já vi bichinhos no arroz e na massa.... mas por amor de deus aranhas não!!!!!!!!!!

 

 

 

De acordo com o The Sun, bananas infestadas com aranhas-armadeiras provocaram pânico na Inglaterra. Segundo a publicação, uma família londrina encontrou os aracnídeos em frutas compradas em um supermercado local e, depois de descobrir que se tratava da espécie mais venenosa do mundo — conforme consta no Guinness Book —, foi aconselhada a evacuar sua residência.

A britânica Consi Taylor contou que percebeu que havia algo que ela identificou como mofo na casca das bananas, com algumas pintinhas estranhas. No entanto, depois de observar a fruta mais de perto, Taylor descobriu que se tratava de dezenas de aranhas e que elas estavam se espalhando pela mesa e carpete da casa.

A britânica chegou a devolver as bananas ao supermercado, mas decidiu enviar uma foto das aranhas a uma companhia especializada no controle de pragas para identificação. Como resposta, a empresa aconselhou que a família de Taylor deixasse a casa, pois se tratava de aracnídeos do gênero Phoneutria.

Neurotoxina potente

Fonte da imagem: Reprodução/The Sun

 

As aranhas-armadeiras, além de serem superagressivas, contam com uma neurotoxina superpotente capaz de causar a perda de controle muscular, problemas respiratórios, paralisia e eventual asfixia. Elas são nativas da América do Sul e Central e costumam se esconder em bananeiras e outras plantas, embora também seja comum que busquem refúgio em roupas e sapatos.

Apenas 0,006 mg do veneno da armadeira é suficiente para matar um rato, mas, por sorte, existe um soro específico para tratar os casos mais graves. Quanto ao caso da família inglesa, o supermercado pagou pela dedetização da casa e se desculpou publicamente, alegando que casos desse tipo são extremamente raros, pois existe um controle rigoroso sobre os produtos importados que são comercializados no país.

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D