Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Uma vida igual a outras

Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

Uma vida igual a outras

13
Jun13

Eu e a Política

Cris

Se há coisinha em que sou uma azelha é em Política e Futebol.

Mas.... começo a ficar saturada com todo o escandalo que se apodereu no nosso país sobre as medidas do governo.

Minha gente, vocês vão ter de se mentalizar que as medidas que estão a ser implementadas no nosso país tinham de ser feitas. Se não há dinheiro, como é que acham que o estado o vai arranjar?

Não havia outra solução, eu também fico enjoada e com muita raiva quando vejo tudo aquilo que me chulam no fim do mês... Mas o que se pode fazer? Nada. Só vai piorar....

O meu sonho sempre foi ser funcionária pública, e não me venham com balelas, mas a culpa de nós (privados) estarmos a dar dinheiro ao estado é única e exclusivamente vossa, das vossas regalias que foram sugando estes anos todos, e se hoje não estão contentes, deviam era ter reclamado antes... Ainda me lembro em pequena, uma coleguinha de escola minha, no Natal estar ansiosa pela prenda que o Pai trazia para casa, porque a prenda dada pelo "estado" aos filhinhos era a melhor prenda que recebiam.... {#emotions_dlg.evil}

Ouço pessoal a queixar-se porque é do porto e têm de ir trabalhar para braga, ou professores que são do x e tem de ir para Y....

Minha gente, eu também faço 150km todos os dias para ir trabalhar e ninguém me paga nada, e quando tiver descontente tenho bom remédio, mudo de emprego, ou neste caso de profissão....

 

Eu também não gosto de ser roubada, não gosto e fico revoltada por ver velhotes com reformas que valha me deus e ate isso lhes sugam...

 

Mas o que ainda gosto menos, é das manifestações e greves dos funcionários públicos, isso sim, revolve-me o estômago...

 

E por mim, política é assunto que provavelmente não voltarei a tocar, já me chega o aperto no estômago ao ver as minhas folhas de vencimento....

 

Mas, não deixo de concordar que tudo que o Governo esta a fazer, é o que tinha de ser feito, o dinheiro não nasce da bananeira. Se não há dinheiro, têm de haver cortes!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D