Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Uma vida igual a outras

Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

Uma vida igual a outras

29
Mai08

Sim. Estou com medo! e agora?

Cris
Pois é minhas amigas, estamos nos com 33 semanas de gestação... o que significa que já só faltam 7 semanas para as 40 !
E posso dizer que ao fim destas 33 semanas (que passaram a voar) estou com medo, não é medo do parto nem nada disso, tenho medo da mudança que a minha vida vai ter, deixar de ser a "menina da mama" para ser "a mama da menina" e isso sim, assusta-me e muito.
É verdade, admito, , tenho medo de errar, tenho medo de falhar como humano, como filha, como mulher, como nora, como irmã e assima de tudo como Mae!
A um ano atras nunca pensei que a minha vida pudesse mudar tanto!!! A um ano atrás estava preocupada com o destino onde iria passar as minhas férias, com a roupa que iria levar, com o bikini que iria ou não comprar pois já não cabia dentro do outro. E AGORA? UM ANO DEPOIS? estou preocupada porque vou ser MAE!
Estou prestes a entrar na maior aventura da vida, a aventura que muda toda uma vida, que nos torna mais MULHERES que nos torna MAIS BELAS, as vezes ponho-me a pensar nas brigas e disputas que tive com a minha mãe, todas as x que lhe disse que a odiava, todas as vezes que lhe disse que não a queria como mãe, e agora que os papeis se vão inverter apetece-me chorar, pois sei como fui má filha como fui injusta com ela e sei que mais cedo ou mais tarde os papeis se vão inverter e eu irei ouvir isso muitas x da boca da minha filha. Como dizia a minha avó "Filho és, pai serás", Sim amigas estou maluquinha e as x da-me para isto, mas mesmo assim continuo com medo.
29
Mai08

Simplesmente Mãos - Lindo !!!

Cris





Benditas são as mãos sempre abertas acariciam o bebe para não chorar;

Que levantadas dão o triste adeus, mas podem também dizer olá.

Benditas são as mãos que com carinho alentam e dão o real significado do verbo

amar
Mãos...

Mãos que sonham

Mãos que adivinham

Mãos que desejam...

que se escondem...

que se entregam...

que gritam...

que rogam...

que lastimam...

que amam e acariciam...

mãos pequenas...

mãos grandes...

mãos que esperam...
29
Mai08

A Chupeta e o Bebe

Cris
Há pais com grandes rejeições ao uso da chupeta; uns, porque se ofendem com a noção de acalmar o bebé com um objecto; outros, porque acreditam, embora incorrectamente, que a chupeta pode prejudicar.
O uso da chupeta não causa nenhum problema médico ou psicológico.
A chupeta é uma maneira de satisfazer as necessidades de sucção para além da amamentação. Não é para substituir ou atrasar as refeições.
Chupar no dedo ou usar a chupeta são padrões saudáveis de auto-controlo. O feto já chupa no polegar e o recém-nascido já tem o reflexo de mão/boca. Quando está perturbado ou a tentar sossegar, procura fazer isto como uma maneira de se controlar a si próprio. Este padrão parece ser inato e os bebés que o utilizam parecem ter uma convivência mais fácil.
No entanto, nas primeiras semanas de vida e, até que a amamentação ao peito esteja bem estabelecida, deve-se evitar dar biberão ou chupeta porque há bebés muito sensíveis à diferença da sucção pelo mamilo e pela tetina ou chupeta. Estes bebés podem simplesmente morder ou mastigar o mamilo em vez de usar a língua. Se neste período de tempo o bebé parecer necessitar de mais sucção, deve oferecer-se novamente o peito ou então auxiliá-lo a encontrar as suas próprias mãos.
Devemo-nos lembrar que a chupeta é para benefício do bebé e não para nossa conveniência; por isso devemos deixar o bebé decidir se e quando deve usá-la.
Nas crianças carentes e que estão quase sempre a sugar, a chupeta poderá prejudicar a dentição deformando a arcada dentária; o mesmo irá acontecer se chupar no dedo insistentemente depois dos 5 - 6 anos de idade.
Sabe-se no entanto que é a pressão da língua que deforma os dentes superiores, daí que a razão mais importante para a necessidade de endireitar os dentes seja, provavelmente, uma tendência genética.
Desde muito cedo as crianças começam a viver num mundo de tensões e é natural que procurem algum tipo de auto conforto como uma maneira de vencer essas tensões.
Nas viagens de avião, principalmente na subida e na aterragem, o desconforto e a dor causados no ouvido médio pelas diferenças de pressão, podem ser aliviadas pela sucção, pelo biberão ou chupeta.
Até aos 6 meses e devido à imaturidade do sistema imunológico, deve-se esterilizar com frequência as chupetas para não aumentar o risco de infecção por esta via. Depois desta idade a probabilidade de contrair infecção por este meio é muito pequena, bastando lavar a chupeta com detergente e passá-la por água corrente.
Há essencialmente dois tamanhos – um até aos 6 meses e outro a partir desta idade. Há várias formas de tetina desde a anatómica - ortodôntica até à arredondada.
Depois de escolher a forma de chupeta que o bebé prefere, deve-se comprar várias pelo risco de se sujarem e se perderem com facilidade.
29
Mai08

Porquê um soutien de amamentação

Cris

O leite mamário têm influências positivas no desenvolvimento dos músculos e nervos e na evolução da inteligência do bebé, como foi provado em estudos recentes.
É necessário para estabelecer o sistema imunólogico
Amamentar favorece a ligação entre mãe e bebé
Para a mãe amamentar significa uma protecção contra hemorragias e infecções pós-parto
Estimula o reestabelecimento do abdómen e ajuda a voltar ao peso anterior
Reduz o risco do cancro do mama
Para sustentar os seios mais pesados durante o período de amamentação a mamã precisa de um soutien de amamentação funcional e confortável.

29
Mai08

Como lavar bem um biberão!

Cris

• Comece por passar o biberão por água quente (o ideal seria logo após o aleitamento antes do leite estar seco).

• Esvazie e esfregue com o escovilhão e água e sabão. Se houver restos no fundo do biberão, deixe-o de molho em água quente e sabão e utilize um escovilhão com a ponta em esponja. A esponja retira os restos mais facilmente.

• Enxagúe bem os biberões e coloque-os de cabeça para baixo para secarem.

• Antes dos 3 meses, prefira a lavagem manual à máquina de lavar.
29
Mai08

Compreender a necessidade de sucção do seu bebé

Cris

Ao longo do seu desenvolvimento intra-uterino, o feto mama naturalmente. Após o seu nascimento, o bebé tem esse instinto de sucção, mesmo fora das mamadas - tão importante e inato como a respiração ou a necessidade de se alimentar.Aos 6 meses, a sucção é um dos únicos recursos de que dispõe de forma autónoma um bebé para aliviar a tensão, para se proteger e para se reconfortar.A sucção é necessária para o seu desenvolvimento, participando no seu bem-estar que influencia directamente o seu crescimento.
26
Mai08

As 33 semanas

Cris
O bebé dorme cerca de 90 a 95% do dia e pensa-se que já sonha.
Sabias que se o bebé não se virar de cabeça para baixo e estiver a nascer de pés, o médico pode virá-lo? Podes também experimentar posições de cabeça para baixo, fazendo com que o bebé se vire instintivamente. A melhor maneira será deitares-te de barriga para baixo, com as ancas assentes no sofá ou na cama e a cabeça e os ombros no chão. Experimenta esta posição durante uns 20 minutos 2 a 3 vezes por dia e relaxa, ouve música, lê um livro.

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D