Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma vida igual a outras

Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

Uma vida igual a outras

16
Jun08

Alexandre - e uma história engraçada para ser partilhada

Cris
Na passada quinta feira aconteceu-nos uma cena que me deixou a mim e as pessoas que estavam comigo a pensar....
Estavamos eu e o alex e mais uns amigos num cafe ca da zona a ver o futebol portugal-republica checa, quando chegou um gajo podre de bebado acompanhado com um amigo ao cafe e se sentou a minha frennte, o gajo passava-se berrava sozinho dava saltos por varias vezes que não se sentou em cima do meu colo e passava a vida a olhar para nos e a pedir desculpas !!! Ate que ao meio do jogo o alex se passou e trocou de lugar comigo pois estava com medo que leva-se uma cotovelada na barriga, o gajo apesar de estar como um "cão" apercebeu-se que não estavmos nada contentes e começou a meter conversa com o alex e a mostrar as fotos da filha dele, e a frisar cinquenta mil vezes aos altos berros no cafe que ter visto a filha nascer foi um dos dias mais felizes da vida dele... e voltava a insistir... e fez prometer o alex quase de joelhos que iria assistir ao parto pois era uma experiencia unica e inacreditavel, o alex estava estupfacto, o gajo caia para o chão, batia contra as portas ate que se lebrou de acender um cigarro no café que lhe deu direito a expulsão por parte do dono...
Conclusão, não vimos nada do jogo pois os saltos do gajo impediram de ver e a voz impediu de ouvir, mas uma coisa é certa ele deixou bem frisado por muito bebado que estivesse "ver um filho nascer é uma das mais belas imagens que podemos ter na vida"

O Alexandre ainda hoje não se cala com isto... Ele bem tenta fugir a hora H mas será que depois desta conversa com o tal bebado ele vai mudar de ideias???

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D