Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

11
Mar 15

Uma pessoa que desenvolve ciúmes exagerados e uma relação amorosa conflitante, com paranóias e desconfianças do outro, praticamente não vive sossegado, pois os seus pensamentos e sentimentos estão dominados por essas ideias e não consegue se desencilhar.

Como consequência, a relação se deteriora, o clima fica insuportável para ambos envolvidos, comprometendo mais ainda a relação e provocando maior insegurança, desconfiança, brigas e desentendimentos, ou seja, provocando um círculo vicioso sem fim, ou com fim trágico ou ainda uma relação perdida.

Os sintomas da neurose obsessivo-compulsiva podem ser divididos em dois grupos: as ideias obsessivas e os actos compulsivos.

Os pensamentos e ideias que envolvem o ciúmes  tornam-se obsessivos provocando um desgaste e uma concentração de energia nestes pensamentos levando o indivíduo a deixar de fazer outras actividades ou comprometer grande parte de sua vida com esses pensamentos que não lhe saem da cabeça.

Ideias obsessivas são pensamentos ou imagens impostas à consciência contra a sua vontade, pois ele tenta se livrar destes pensamentos e não consegue, e fica preso elevando sua ansiedade.

Uma forma de ideia obsessiva pertencente a uma relação onde alguém está com esse transtorno pode estar baseada em pensamentos que envolvem dúvidas obsessivas.

Exemplo:

Dúvidas obsessivas: São oscilações persistentes e angustiantes entre uma série de prós e uma série de contras, a respeito de algo ou alguém, sem que se chegue a nenhuma decisão. Neste caso, a pessoa desconfia do outro, mas ao mesmo tempo acha que essa confiança não tem fundamento, porém permanece a dúvida incessante. O indivíduo não confia nem na sua percepção e nem na sua memória.

Outro tipo frequente de ideias obsessivas são as repetições obsessivas, na qual o pensamento do indivíduo é invadido pela repetição de ideias, frases, sons, etc. que representam suas desconfianças, seus temores e sua insegurança nessa relação, dessa forma, fica constantemente reavaliando comportamentos seus e do outro justificando esses pensamentos e encontrando certa “lógica” em seus pensamentos, o que reforça sua desconfiança, seu ciúmes e seus conflitos.

 

 

Ciúme Patológico : Paranóia

Trata-se de um distúrbio no qual o principal sintoma é o delírio de ciúmes constante e se estrutura em torno da figura do parceiro.

A pessoa acometida pela paranóia e pelo ciúme patológico tem uma tendência à sistematização e a actuação é geralmente intensa.

No ciúmes patológico a pessoa passa a vigiar o parceiro, a observar todos os seus comportamentos e movimentos, interpreta qualquer atitude como indícios de traição e de infidelidade.

Em casos graves pode acontecer deterioração mental e uma vez que o quadro é insidioso elabora-se um sistema delirante de difícil redutibilidade.

 

 

Pessoa Paranóica

 

O transtorno de personalidade paranóico caracteriza-se pela hipersensibilidade nas relações pessoais.

As pessoas com esse transtorno são extremamente desconfiadas, defensivas e na maioria das vezes, muito agressivas.

Possui uma estrutura de personalidade rígida com isolamento e distanciadamente das outras pessoas. vive de forma tensa, possui boa capacidade intelectual e memória, porém usa preferencialmente para uma interpretação negativa do mundo que o cerca.

Tem uma tendência a alimentar ideias de auto referencia, projecta suas críticas nas outras pessoas e frequentemente se queixa de que os outros de o acusam de deficiente ou incapaz. Na maioria das vezes, esses “acusadores” são aqueles indivíduos com quem ele se acha envolvido emocionalmente.

Os estímulos externos (conversa dos outros, apontamentos, gestos, sinais, etc.) são sentidos como direccionados contra sua pessoa distorcendo muitas vezes a realidade com interpretações distorcidas.

É muito ciumento, tem pouco senso de humor, é superficial em seus contactos afectivos, porém costuma ser dedicado ao trabalho, mas ainda assim, acaba levantando fantasias persecutórias, achando que estão conspirando contra ele.

Acha-se sempre incompreendido pelos outros e que as pessoas não lhe dedicam melhor atenção o que reforça seus sentimentos negativos e de inferioridade.

 

Ciúmes 

 

A infidelidade sexual e a infidelidade emocional como causa do ciúmes e dos conflitos na relação amorosa:

A Infidelidade sexual traz a mesma reacção de ciúmes tanto em homens quanto nas mulheres, ou seja, não é verdade que as diferenças de ciúmes esteja relacionada ao género.

Em um relacionamento o ciúme funciona num estado de alerta para os indivíduos sobre como se sente em relação à segurança com o companheiro.

Os ciúmes acabam sendo o meio pelo qual o casal pretende manter não só o relacionamento, mas também os benefícios da relação.

O género masculino ou feminino reage praticamente da mesma forma quando se percebe em perigo na relação. Este perigo pode ser real ou imaginário.

Os Homens presumivelmente reagem mais a infidelidade e as mulheres reagem mais a uma relação emocional de segurança.

Em muitas mulheres o abalo na relação representa uma ameaça dos recursos para si e para seus filhos.

Os homens ficam mais angustiados pela possibilidade em enfrentar a infidelidade que as mulheres, para eles a traição é muito ameaçadora pois abala a sua masculinidade.

Quando se compra a infidelidade sexual e a infidelidade emocional, homens e mulheres são igualmente afectados e reagem da mesma maneira.

O desenvolvimento de uma relação possessiva acaba sendo uma estratégia que homens ou mulheres usam para tentar, por meio do controle, ganhar a certeza e a segurança que acha necessária para garantir a relação

Esta estratégia consome a relação e provoca um desgaste que rompe os direitos individuais. Além de não assegurar o controle, desencadeia uma doença obsessiva e doentia que afecta todos os estágios da vida de ambos envolvidos resultando numa finalização dolorosa e muitas vezes trágica.

 

 

Frustração amorosa. A Perda do controle sobre o amor doentio e dos ciúmes

 

O ciúme é uma emoção complexa, que tem dominado a preocupação da humanidade há muitas gerações

De tempos em tempos, o ciúme doentio, foi examinado a partir de psicoterapia, de aspectos cognitivos e fenomenológicos, em paralelo com a evolução da psiquiatria.

A partir do ponto de vista fenomenológico, a maior parte dos pesquisadores mostra que a atenção esteve centrada no delírio do ciúmes.

O fato de medicina psiquiátrica ter tendência a concentrar-se em ciúme doentio como um sintoma das psicoses reflecte-se no tratamento e nas abordagens.

Existe menos informação no que diz respeito ao ciúme obsessivo, onde o pensamento obsessivo tem a qualidade de ideação.

Como encontramos vários casos de ciúme obsessivo relacionado a desfechos violentos e criminosos, vale a pena estudar essa relação.

É necessário fazer uma associação entre o ciúme obsessivo e o sintoma obsessivo compulsivo (TOC). Esta é a primeira grande característica sobre ciúme obsessivo.

A apresentação do ciúme obsessivo tem a forma de uma excessiva possessividade que aparece numa pessoa que não necessariamente tem um outro distúrbio de personalidade, porém apresenta um ciúme exagerado.

Num extremo está o ciúme delirante que pode complicar comportamentos de uma pessoa esquizofrénica, com transtorno afectivo ou relativos a uma psicose orgânica.

Uma outra forma, pode ser descrita por ciúmes de monogamia tendo sido constatado e caracterizado por pensamentos intensos de infidelidade, levando a uma preocupante e contínua acusação de um companheiro pelo outro, com interrogatórios, testes e exigências sexuais excessivas numa tentativa de controle sobre o cônjuge.

Esta forma de ciúme patológico foi reconhecida como uma manifestação do transtorno obsessivo-compulsivo

publicado por Cris às 02:48

1 comentário:
A mente humana ainda tem muitos mistérios por descobrir.
Cris a 11 de Março de 2015 às 14:42

Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30
31


comentários recentes
Ahah pior, isso é notícia?
Ola francisco.Posso sim, manda-me um email para cr...
podes dar mais informações sobre hotel , rent-a-ca...
Ando perdida nos desafios... prometo que respondo ...
Cris! http://desafiosedesabafos.blogs.sapo.pt/lieb...
hahahahaha muita bom :)
estas noticias!!!!!!!!
ba da gla bu ma po?ou então lê versos de shakespea...
Isso acabou por acontecer na mesma noite que coloq...
Deve ser mais isso!!!!
Mensagens
Posts mais comentados
16 comentários
12 comentários
9 comentários
7 comentários
6 comentários
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO