Aqui nada se escreve, tudo se transforma... Uma história de vida igual a outras...

13
Mar 15

Hoje não vou estar aqui com palavras bonitas, porque sinceramente não me apetece...

Esta cena da greve da me cabo da pouca paciência que já tenho.... e sinceramente eu sou TOTALMENTE contra as GREVES principalmente quando estas ditas "greves" me fodem a vida....

 

Hoje tal como num dia normal cheguei a casa perto das 7:00 da manhã, para quem não sabe, eu trabalho de noite e tenho de fazer 110km casa-trabalho-trabalho-casa....

Preparei a miúda dei o pequeno almoço e lá foi ela na carrinha para a escola.

Quando já eu me estava a preparar para dormir tocam a campainha... Era a "devolução" da cria pois hoje era greve geral e não ia ter aulas ( ahhh!!! sim!!!!! pois, desculpem esta coisa de não ver noticias dá nestas coisas) muito bem.... encontro-me eu as 9:00 da manha com a criança em casa, e depois dos avós desta já terem saído, pois  trabalham... e lá estou eu a olhar para a criança e a pensar " que caralho faço eu contigo"? pois bem, telefona ao pai ( não atende) telefona a avó paterna ( não atende)...

 

bonito...

 

Vale ser sexta feira, dia de feira na terriola, vamos dar uma volta!!!!

 

E lá fomos.... 

 

O que me deu mais gosto foi  de ver os funcionários públicos que aderiram a greve ( talvez aí uns 99%) a passear,  e as compras na feira, aproveitar o fim de semana prolongado e o dia fantástico de sol que se tornou.... 

 

Lá consegui contactar o pai, e este ficou de a vir buscar na hora do almoço para assim eu poder descansar na parte da tarde e não ter de vir hoje trabalhar de "directa"...

 

Vocês são uns amores.... ando eu a pagar taxas de esforço ao estado, para os ver a passear todos contentes pela vila, e diga-se a verdade, não me pareceram estar assim tão chateados com as vossas vidas....

 

Hoje também me apetecia ligar ao meu chefe e dizer-lhe que ia fazer greve.... mas provavelmente ele ia me enfiar duas chapadas e mandar-me pastar.... e sabem que mais?

 

eu ía....

 

 

 

 

publicado por Cris às 23:45
sinto-me: furiosa

05
Mar 15

Há uns anos atrás uma colega cá do trabalho despediu-se, ate aqui nada de anormal, o mal  foi que quando o fez, assumiu que não precisava disto para nada, pois o que o marido ganhava dava para tudo e mais alguma coisa, que não era um salário medíocre e uma posição fútil que a iam manter,  que ia se dedicar a boa vida....

 

O problema é que o marido mandou-a pastar, e obviamente que a boa vida acabou também... os luxos a que os manter e para isso é preciso um salário medíocre e uma profissão fútil para poder ao menos sobreviver....

 

E lá esta, apareceu novamente a entrevista e ainda presenteou os entrevistadores com uma caixinha de bolos....

 

 

publicado por Cris às 23:14

Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30


comentários recentes
Ahah pior, isso é notícia?
Ola francisco.Posso sim, manda-me um email para cr...
podes dar mais informações sobre hotel , rent-a-ca...
Ando perdida nos desafios... prometo que respondo ...
Cris! http://desafiosedesabafos.blogs.sapo.pt/lieb...
hahahahaha muita bom :)
estas noticias!!!!!!!!
ba da gla bu ma po?ou então lê versos de shakespea...
Isso acabou por acontecer na mesma noite que coloq...
Deve ser mais isso!!!!
Mensagens
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO